FANDOM


Paulo Leitão De Gregorio (Natal, 22 de maio de 1973) é um ex-pastor protestante, convertido ao catolicismo, catequista e apologista, estudioso da Bíblia, empenhado na defesa bíblica da fé católica, autor dos livros Um filho em defesa da Mãe - O que um ex-pastor protestante descobriu sobre a Virgem Maria na Bíblia e Salve Roma! A Igreja que Deus fundou, publicados pela Editora Martyria, ex-vocalista e ex-guitarrista da extinta banda de thrash metal Auschwitz, formada em 1988 em Natal, no Rio Grande do Norte, apresentador do programa Em defesa da Fé, na Rede Século 21 (TV Potiguar), escritor, compositor e músico.

Paulo Leitão foi headbanger até 1993.

Paulo Leitão descende de uma família italiana profundamente musical. Seu pai, o finado boêmio e juiz classista Luiz Salvador De Gregorio, cantou na noite e foi proprietário do bar da ASFARN (Associação dos Servidores Públicos Fazendários do Rio Grande do Norte), na Praia do Meio, onde Paulo Leitão apresentou seus primeiros números. No repertório, árias italianas, tangos, boleros e demais temas latinos.

Paulo Leitão gravou o disco Latinidade e Revolução, com temas autorais mesclados com canções de Violeta Parra (Volver a lós 17), Carlos Saura (¡Ay Carmela!) e Carlos Puebla (Hasta Siempre, Comandante).

Em 2010 Paulo Leitão morou na Galileia. Na volta ao Brasil, viajou pelo interior da Região Nordeste para revelar conhecimentos do Evangelho.

O livro Salve Roma! A Igreja que Deus fundou possui prefácio de Dom Fernando Arêas Rifan.

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória